link_home
TvZero
CEGUINHAS DE CAMPINA GRANDE ENCONTRAM O MAWACA NO CCBB

Quem assistiu, no dia nove último, ao capítulo da novela América, da TV Globo, tomou conhecimento de um grupo vocal, que toca ganzá, formado pelas irmãs paraibanas Franscisca Conceição Barbosa, Maria Barbosa e Regina Barbosa. Elas são as Ceguinhas de Campina Grande, que no folhetim contracenaram com Marcos Frota (Jatobá), Bruna Marquezini (Florzinha) e Antônio Carlos júnior (Farinha).

Juntamente com o grupo paulista Mawaca, s Ceguinhas de Campina Grande fazem hoje, ás 13h e 21 h, no teatro do Centro Cultural Banco do Brasil, o segundo espetáculo da série Encantadeiras.Inicialmente, durante 45 minutos, o Mawaca mostra sua música étnica, e em seguida as Ceguinhas cantam músicas de domínio público do folclore nordestino. Ao final, os grupos juntam as vozes e os instrumentos em três números. Durante as apresentações, imagens relacionadas com o trabalho de cada u serão exibidas num telão.

A trajetória artística das Ceguinhas começou há oito anos. Antes, elas cantavam nas ruas de Campina Grande. “A gente era pedinte e fazia ponto em frente à Livraria Pedrosa.”, lembra Maria Barbosa. Lá, em 1997, foram descobertas pelo cineasta Roberto Berliner, que à época colhia imagens para o documentário Som da Rua. Encantado com a musicalidade das irmãs, decidiu investir na carreira delas e inicialmente fez um curta metragem intitulado A pessoa é para o que nasce.

Em 2000, ao acompanhar o grupo no Percpan, festival de percussão realizado em Salvador e no Rio de Janeiro, Berliner decidiu ampliar o projeto e realizar um documentário com o mesmo título. “Estou há oito anos envolvido com esse projeto. Primeiro fiz o curta que busca refletir as sensações das ceguinhas enquanto músicas, lançado em 1999. Em seguidas, parti para o longa, que tem 84 minutos de duração. O filme mostra vários aspectos da vida delas. As três em casa, no palco de teatros, nas ruas de Campina Grande e João Pessoa e na Feira de Patos, também na Paraíba.” O documentário poderá ser visto na sexta-feira, as 21h30, na sala 10 do Cine Academia (Academia de Tênis), em pré-estréia com cobrança de ingresso.

No dia 10 chega às lojas álbum duplo com trilha sonora do filme. O primeiro cd tem a participação das Ceguinhas, enquanto que, no segundo, músicas do repertório do grupo são interpretadas por nomes de destaque da MPB como Lenine, Elba Ramalho, Lula Queiroga (produtor dos discos) e do pop-rock nacional, entre os quais Paralamas do Sucesso, Pato Fu e B Negão.

Esta é a segunda vez que as Ceguinhas de Campina Grande vêm a Brasília Em novembro do ano passado, nas comemorações do Dia Naciona da Cultura, elas estiveram na capital para serem condecoradas com medalha, no Palácio do Planalto, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No show desta noite, Francisca, Maria e Regina Barbosa estarão no palco durante meia hora, mostrando músicas do repertório do cd como Coco do Leão e Jurema Preta. No encerramento do show dividem com o Mawaca a interpretação de Tamborim, Segredinho e Atirei no Mar. , 23 de Junho de 2005